Reuniões de igreja ou de equipes de trabalho podem ser enfadonhas e trazerem a sensação de tempo desperdiçado. Isso acontece porque geralmente elas não têm um tema específico e não levam as pessoas muito adiante de onde já estavam.

Você sabia que suas reuniões podem se tornar mais produtivas adotando alguns princípios simples de coaching?

Além de um processo, o coaching é também uma habilidade que conta com princípios muito úteis para situações que envolvem objetivos e interação entre pessoas. Veja a seguir dois destes princípios:

1) Entre na reunião com um “para quê”

Precisamos ter um “para que” em tudo o que fizermos. “Para que” significa o resultado desejado, o objetivo de se fazer ou decidir algo.

Por exemplo, marcamos uma reunião com a equipe. Para quê? Qual o resultado desejado com a reunião? Quando sairmos da sala, o que precisaremos ter resolvido?

Responder claramente a estas perguntas e comunicar as respostas aos participantes antes da reunião, ajudará a todos manterem o foco e perseguirem os resultados desejados. Com o “para que” em mente, nada mais poderá entrar na pauta, a não ser assuntos que contribuirão para atingir os objetivos da reunião.

Assim, você evita que as reuniões tornem-se muros de lamentações (ou momentos de desabafo) e elas serão mais rápidas e produtivas.

2) Acompanhamento

Outra característica de coaching que contribui para reuniões é o acompanhamento (chamado de follow up). O líder ou o organizador deve sempre acompanhar o andamento das tarefas pós reunião para garantir que sejam realizadas e o objetivo comum seja alcançado conforme o planejado.

Cada assunto resolvido na reunião que demandar uma ação posterior deverá ter um responsável pela sua realização; e o responsável sairá da reunião já com a data definida para a prestação de contas da atividade assumida.

Pessoas precisam de incentivo e motivação para manterem-se em ação, por isso a prestação de contas com prazo determinado dá a elas o senso de comprometimento e importância naquilo em que estão envolvidas.

 

Utilizar os princípios “para que” e “acompanhamento” ajudarão as equipes a conquistarem mais resultados, gerando maior comprometimento e motivação das pessoas envolvidas e tornando suas reuniões mais agradáveis e produtivas.

 

Deus te abençoe!

Por Sara Macedo

Diretora do Instituto de Coaching Cristão


Quer gerar foco e resultado em suas conversas e reuniões?

SEJA UM COACH CRISTÃO