Já teve algum momento em sua vida em que não sabia bem qual o caminho a seguir ou que decisões tomar? Talvez agora mesmo? Somos diariamente bombardeados de informações e imperativos da mídia e das pessoas a nossa volta: Compre! Veja! Tenha! Seja! Vá!

As possibilidades de futuro e resultados para sua vida são tantas quantas você puder desejar ou imaginar. Então, como tomar decisões mais acertadas? Como ter certeza de que as decisões que você toma serão coerentes com quem você é? A resposta está na sua Identidade e na sua Visão de futuro.

Quem você é?

A identidade de uma pessoa dá importantes pistas sobre os caminhos mais coerentes a serem trilhados. São muitos os fatores que compõem a Identidade, mas aqui vamos começar pelas características e talentos. Eles indicam as atividades e decisões em que você terá maiores chances de ser bem sucedido, além de serem excelentes fontes de satisfação quando colocados em serviço (de servir mesmo!).

Por exemplo, lembre-se de momentos em sua vida em que você se sentiu pleno e satisfeito fazendo algo. Agora identifique que características e talentos seus estavam em ação. Provavelmente você reconhecerá nesses momentos os talentos nos quais sente prazer em utilizar. Isso foi Deus quem te deu e é para ser colocado em ação para produzir frutos. Quando as decisões são coerentes com as suas ferramentas, isto é, com os talentos e características que Deus te deu, elas são mais fáceis de sem levadas a sério e colocadas em prática. Além disso, você percebe que possui as forças necessárias para superar desafios que certamente surgirão no caminho.

Qual a sua Visão de futuro?

Gosto de definir Visão como “a realidade que você deseja criar” e ela surge de uma realidade atual que seja insustentável para você, sua equipe ou comunidade.
Muitas pessoas, inclusive líderes, não sabem decidir bem porque não conhecem aquilo pelo quê trabalham. Dedicam esforços sem significado ou propósito, apenas levados pela rotina e provisão.

Ter um destino para a caminhada é indispensável para gerar energia, motivação e senso de propósito. A visão dá liga à equipe, os esforços tendem a ser convergentes (e não divergentes) para o objetivo comum e a medida de sucesso torna-se mais clara e palpável, pois sabe-se exatamente o que se está buscando. Logo, sabe-se se conquistou ou não, e o que é necessário para ajustar o percurso.

É importante ressaltar que a Visão para ser realmente relevante precisa estar alinhada à Visão de Deus para a humanidade. Se o Reino de Deus predominasse no seu contexto, como ele seria? Que tipo de relacionamentos seriam vivenciados? Que critérios de justiça são vividos? As respostas para essas perguntas darão sinais de qual será a visão que você e sua equipe (grupo ou família) passarão a perseguir.

Identidade e Visão – o que tem a ver uma com a outra?

Deus quer nos usar para sermos resposta às dores que a Criação sofre – cada um de nós pode atender uma necessidade latente de nossa geração. Ele nos deu um conjunto especial de características como ferramentas de serviço, e coloca em nossos corações a paixão ou a dor por situações insustentáveis, dando sonhos de um futuro melhor, pelo qual podemos trabalhar usando nossos talentos.

Decisões que geram resultados positivos no longo prazo partem dessas duas variáveis complementares: Identidade e Visão. Nossas decisões diárias, das mais simples às mais abrangentes, precisam estar alinhadas com a nossa Identidade e com a Visão de futuro que toca os nossos corações e o coração de Deus.

Reorganizarmos nossas vidas e decisões segundos esses critérios permitirá que percebamos a “parceria” que temos com Deus em expressá-lO a este mundo cheio de dor e de necessidades a serem atendidas. É sermos Reino a partir de quem somos, de quem Deus é em nós e da realidade que Ele deseja para a nossa geração!


 

Deseja aumentar a clareza sobre sua Identidade e Visão e ajudar outras pessoas a fazerem o mesmo?

SEJA UM COACH CRISTÃO